Weby shortcut 1a5a9004da81162f034eff2fc7a06c396dfddb022021fd13958735cc25a4882f
icon-facebook

Apresentação e Histórico

Atualizado em 20/04/17 00:10.

 

O Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Goiás – Regional Jataí (PPGE/UFG/REJ), criado por um grupo de docentes de diferentes cursos de licenciaturas, teve recomendação de implantação ao CTC (Comitê técnico científico) da Capes em 12-09-2012. Iniciou as suas atividades com o curso de Mestrado em janeiro de 2013.

Após o período de sua criação, o Programa se tornou locus de debates e reflexões de docentes e estudantes diante do cenário de retrocessos e de intensa crise política, econômica e ideológica vivenciado pelo país nos últimos três anos e que ameaçam áreas prioritárias como a Educação. Nesse contexto, a partir do debate acadêmico consubstanciado muitas vezes por teorias com viés crítico, o interesse e o engajamento de estudantes e docentes foram estimulados com intuito de refletir e compreender os desafios postos pela realidade e para a educação brasileira.

A relevância do PPGE/UFG/REJ na formação de pesquisadores (as) para a região do sudoeste goiano, se deu pela carência da formação recursos humanos nesta região que atendesse à demanda de egressos formados em diferentes instituições do Estado de Goiás e região Centro-Oeste. Vale destacar que até 2012, não existiam Programas de Pós-Graduação em Educação que atendesse a demanda da região no estado. Dos três Programas de Pós-Graduação em Educação existentes no estado, dois concentram-se na capital e o outro ao sul de Goiás.

Assim, o PPGE/UFG/REJ está organizado em uma Área de Concentração: Educação, e por duas Linhas de Pesquisas que buscam articular projetos, disciplinas e o desenvolvimento de dissertações, bem como a produção bibliográfica tanto dos docentes como discentes.

De fato, o grupo de docentes junto do qual a proposta inicial de mestrado acadêmico foi amadurecida, mantém uma significativa e constante interação, tanto entre si, como com outros docentes da UFG e de outras instituições de Ensino Superior no Brasil e no exterior. Essa interação se dá no contexto dos diversos projetos de pesquisa e extensão, conduzidos na UFG e coordenados por esses docentes, como também por projetos de pesquisas desenvolvidos com parceiros externos à UFG.

A produção bibliográfica do grupo tem sido regular e estável ao longo dos últimos anos, tendo sido divulgada em diversos periódicos qualificados e importantes eventos regionais, nacionais e internacionais, reconhecidos pela comunidade de educadores e pesquisadores em Educação, além da produção e organização de livros com resultados de pesquisas desenvolvidas pelo grupo. Os projetos de pesquisa e, consequentemente a produção bibliográfica do grupo, tem se pautado em diversas bases teórico-metodológicas e se dedicado às grandes temáticas de interesse da Educação. De modo geral, essas pesquisas têm contemplado as políticas educacionais e seus padrões de interação com as condições educacionais, a formação de professores (as), as práticas educativas, além das interfaces entre os saberes escolares, a história e os processos de ensino e aprendizagem nas mais diversas áreas do conhecimento, em especial nas áreas básicas das licenciaturas. Menciona-se como exemplo o trabalho organizado em livro em que o grupo reuniu algumas das suas últimas contribuições científicas e reflexões no campo da educação. A coletânea intitulada “Formação de Professores e Práticas Educativas: outras questões (197 p.)” foi produzida no âmbito das discussões e reflexões do grupo e um de seus resultados, além do livro, se materializou na proposta de criação do mestrado ora proposto.

Um importante espaço institucional em que o grupo tem atuado e demostrado seu compromisso com a produção de conhecimento no campo da educação e a qualificação profissional, é o da pós-graduação Lato Sensu. As especializações na área da Educação têm sido oferecidas na UFG/CAJ na medida em que demandas regionais específicas são manifestadas e apreendidas pelo grupo.

Passemos a uma breve apresentação de três especializações oferecidas nos últimos anos, sendo que as duas últimas encontram-se com as atividades em andamento:

i) Especialização em Educação Infantil. Foram oferecidas três turmas (1999, 2006 e 2008) e seu objetivo principal foi promover a melhoria de qualificação do professor da Educação Infantil, verticalizando conhecimentos básicos na área, enfocando as discussões sobre as práticas pedagógicas, as bases teórico-conceituais, bem como sobre as pesquisas na Educação Infantil. Buscou construir condições para que seus egressos aprofundassem seus estudos para trabalhar em Educação Infantil em uma perspectiva crítica, estabelecendo articulações entre o ensino e pesquisa no trabalho docente, criando as possibilidades de novos debates científicos nesse campo, contribuindo com a ação política educacional da região do sudoeste goiano, região que manifesta carência por cursos de especialização para os profissionais da educação.

ii) Especialização em Políticas, Gestão e Financiamento da Educação. Partindo da realidade concreta vivida no ambiente escolar contemporâneo, o objetivo central desse curso de especialização é oferecer subsídios teórico-metodológicos a professores, coordenadores e diretores de diversas instituições de Ensino, capacitando-os para uma avaliação crítica dos sistemas de ensino, da atual política de gestão e de financiamento da educação com vistas a proposições e intervenções neste ambiente, contribuindo para o desenvolvimento de projetos de gestão democrática nas diversas instâncias do sistema educacional, bem como o efetivo controle dos recursos destinados à educação. Essa proposta do curso reflete o desejo de ampliação do foco de pesquisa e atuação de docentes do Curso de Pedagogia e demais cursos ligados à área da Educação com a expectativa de atender as atuais demandas das Secretarias Estaduais e Municipais de Educação na busca pelo aprimoramento da gestão democrática do ensino público, conforme disposto na Constituição Federal de 1988.

iii) Especialização em Linguística Aplicada ao Ensino de Língua Materna e Estrangeira (inglês) com atividades desde 2004, essa especialização tem por objetivo oferecer à comunidade embasamento teórico advindo da área de Linguística Aplicada capaz de possibilitar aos egressos uma maior familiarização com as novas tendências pedagógicas e o desenvolvimento de uma postura crítica em relação aos enfoques teóricos e à sua aplicação em sala de aula. Visa ainda especializar professores do Ensino Fundamental e Médio, licenciados em Letras e áreas afins, para o aperfeiçoamento no ensino de língua materna e estrangeira (inglês) e também possibilitar a iniciação à pesquisa. Assim, essa especialização propicia aos participantes não só um espaço para problematização e elaboração de novos conhecimentos, como também campos de análise para sua prática docente e investigações científicas. As disciplinas propostas buscam incentivar a produção e, principalmente, a socialização do trabalho com o ensino, fundamentado em teorias linguísticas e na Linguística Aplicada, proporcionando reflexões e debates acerca de práticas cotidianas de sala de aula.

O grupo também tem se destacado pela criação e manutenção de dois periódicos qualificados: O Itinerarius Reflectionis (ISSN 1807 – 9342) e a Revista Virtual de Letras – RevLet (ISSN: 2176-9125).

O periódico Itinerarius Reflectionis tem sido um dos veículos de divulgação da produção científica desenvolvida pelo grupo e reflete parte da produção integrada do mesmo. Criada no ano de 2005 pelo Curso de Pedagogia do Campus Jataí da Universidade Federal de Goiás, a Itinerarius Reflectionis, desde então publicada semestralmente, mantém regularidade e atualidade editorial. Atualmente está classificada como QUALIS/CAPES B4 e indexada pelas seguintes bases de dados: O Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER); Sumários.org (Sistema de revistas brasileiras); Latindex (Sistema de Informação para Revistas Científicas da América Latina, Caribe, Espanha e Portugal).

A Itinerarius Reflectionis possui o DOI (Digital Object Identifier); método desenvolvido pela Associação de Publicadores Americanos (APA) para prover a base administrativa de conteúdo digital. Esta revista dirige-se a toda comunidade cientifica, publica resultados de teses, dissertações, monografias e artigos de natureza teórico-metodológica, procurando manter um elevado nível de exigência e qualidade. Publica artigos em Português, Espanhol e Inglês.

O objetivo principal desse periódico é a divulgação on-line da produção acadêmica, tornando cada vez mais acessível à sociedade o trabalho do corpo docente do Campus Jataí/UFG e de outros pesquisadores da área que queiram contribuir para a produção científica no campo da educação.

Em 2009, o grupo criou a Revista Virtual de Letras (RevLet), periódico eletrônico vinculado ao curso de Letras da Universidade Federal de Goiás/Campus Jataí. Atualmente, conta com avaliação QUALIS/CAPES B4. Trata-se de uma publicação semestral, aberta a colaboradores do Brasil e do exterior que estejam interessados em questões relativas ao campo textual-discursivo e literário, vinculadas tanto a questões teóricas da área, quanto a questões de ensino e aprendizagem de língua e literatura. A RevLet está indexada ao Latindex (Sistema de Informação para Revistas Científicas da América Latina, Caribe, Espanha e Portugal) e ao Sumários.org (Sistema de revistas brasileiras).

 

Listar Todas Voltar