Weby shortcut 1a5a9004da81162f034eff2fc7a06c396dfddb022021fd13958735cc25a4882f
icon-facebook

Sonia Aparecida Faleiros Almeida

Atualizado em 03/07/17 11:27.

 

REFERÊNCIA: ALMEIDA, Sonia Aparecida Faleiros. POLÍTICAS DE CURRÍCULO: O ENSINO DA LÍNGUA PORTUGUESA EM UM MUNICÍPIO DO SUDOESTE GOIANO. 2015. 136 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás, 2015.

 

AUTOR: Sonia Aparecida Faleiros Almeida
TÍTULO: POLÍTICAS DE CURRÍCULO: O ENSINO DA LÍNGUA PORTUGUESA EM UM MUNICÍPIO DO SUDOESTE GOIANO
ORIENTADOR: Prof. Dr. Ari Raimann
ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: Educação
LINHA DE PESQUISA: Políticas, Gestão e Formação de Professores
DATA DE DEFESA: 29/08/2015

 

RESUMO:
A presente pesquisa enfoca Políticas de currículo: o ensino da Língua Portuguesa na educação básica em Jataí-GO. A questão norteadora da investigação foi assim definida: Como está sendo desenvolvido o ensino de Língua Portuguesa em escolas da rede municipal de Jataí-GO? A pesquisa se justifica tendo em vista que o ensino da Língua Portuguesa está no currículo desde a educação básica, e sua forma tem sido diversificada em seus diferentes estágios, mostrando-se muitas vezes ineficiente. Ressalta-se também que não há dados sobre como se desenvolve em Jataí o ensino da Língua Portuguesa. O objetivo geral da pesquisa foi: investigar o ensino da Língua Portuguesa dentro das políticas de currículo para a educação básica em Jataí-GO. A pesquisa documental, com enfoque qualitativo, utilizou-se de documentos oficiais sobre o currículo e de planos de aula de Língua Portuguesa do sistema municipal. Um referencial teórico foi elaborado para dar sustentação à análise dos dados coletados e este priorizou elementos da teoria crítica de currículo. O estudo mostra que os planos de aula de Língua Portuguesa do município de Jataí seguem orientações dos documentos nacionais e do Currículo Referência da Rede Estadual de Educação de Goiás. Como resultado, aponta a pesquisa que o desenvolvimento do currículo de Língua Portuguesa no sistema municipal, conforme os documentos analisados segue perspectiva de reprodução social e cultural, uma vez que não há indícios nos planos de que os professores trabalham com vistas à formação política do aluno ou de sua emancipação, muito menos da construção do conhecimento contextualizado e histórico.

 

TEXTO COMPLETO icon-pdf

 

Listar Todas Voltar