icon-facebook

NAYENNE HELSAN SANTOS

  

NAYENNE HELSAN SANTOS

TÍTULO: “O ENVOLVIMENTO POLÍTICO COMO ELEMENTO FORMATIVO DE LICENCIANDOS: em busca de uma cidadania crítica e atuante”.
ORIENTADOR(A): Prof.ª Dr.ª Elizabeth Gottschalg Raimann
DATA DA DEFESA: 14/04/2020

RESUMO: Essa pesquisa desenvolvida no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Goiás/Regional Jataí (UFG/REJ) teve por objeto de análise a participação política dos alunos dos cursos de graduação nesta Regional durante os movimentos estudantis em 2016. Problematizou-se esta ocupação como possível elemento formativo dos licenciandos que dela participaram e, ao mesmo tempo, analisou-se as concepções de participação política daqueles que se mobilizaram nos atos de resistência. O objetivo principal foi investigar o impacto do processo de participação política dos licenciandos, tendo como referência o movimento ‘‘Ocupa tudo’’ (2016) e como ele contribuiu para a formação pessoal e profissional voltada para uma emancipação humana. Para isso, tiveram-se como objetivos específicos: Analisar o movimento ‘‘Ocupa tudo’’; Categorizar o caráter educativo da participação política a partir do movimento ‘‘Ocupa tudo’’; Conhecer e analisar as principais motivações que levaram os licenciandos a participar dessa mobilização e como isso repercutiu na sua formação política. Como metodologia utilizou-se o grupo focal para a coleta dos dados contando com 13 graduandos de diferentes licenciaturas, que assinaram o Termo de Consentimento Livre Esclarecido (TCLE). A pesquisa embasada no referencial teórico-metodológico do materialismo histórico dialético, contou com autores como Iasi (1999), Gohn (2005), Wood (2011), Fontes (2013), Marx e Engels (2013), dentre outros, tendo como categorias de análise participação política, considerando o desenvolvimento dos estágios da consciência humana. Dos dados do grupo focal, mediante a análise do conteúdo, categorizaram-se eixos temáticos, sendo eles: participação política na concepção dos Entrevistados da pesquisa, relação política no âmbito familiar, contribuição do Ensino Superior na formação política dos estudantes, histórico de luta dos participantes do ‘‘Ocupa tudo’’ e perfil dos licenciandos. Como resultado, pode-se perceber as contribuições do movimento estudantil ‘‘Ocupa tudo’’ na formação política para a profissão docente, bem como os espaços responsáveis para esta formação. O envolvimento dos licenciandos durante o ‘‘Ocupa tudo’’ levou-os à necessidade de participarem de movimentos de lutas sociais. A pesquisa mostrou que o papel da universidade foi fundamental na formação política dos Entrevistados, uma vez que essa formação foi negada em outros espaços de socialização, como a família e a educação básica. Assim constatou-se que a ocupação em 2016, ‘‘Ocupa tudo’’, possibilitou a organização e a instrumentalização dos licenciandos, tanto teoricamente quanto na prática, contribuindo principalmente para a passagem do senso comum à consciência filosófica.


Palavras-chave: Participação política. Formação de Professores. Educação Superior.

 

Obs.: Este trabalho ainda não tem autorização para publicação.

 

DISSERTAÇÃO Pdf ícone