icon-facebook

Paula Eliane Costa Rocha

AUTOR: Paula Eliane Costa Rocha
TÍTULO: FORMAÇÃO DE PROFESSORES E TECNOLOGIA: UM ESTUDO DA MODALIDADE EAD NOS CURSOS DE LICENCIATURA DA UFG/REJ
ORIENTADOR: Profa. Dra. Andrea Cristina Versuti
LINHA DE PESQUISA: Cultura e Processos de Ensino e Aprendizagem.
DATA DE APROVAÇÃO: 28/08/2017

 

Resumo:

Esta pesquisa buscou responder como ocorre a formação inicial dos alunos egressos de licenciatura da Universidade Federal de Goiás - Regional Jataí (UFG/REJ) para atuarem na modalidade Educação a Distância (EAD). Sua relevância está no pressuposto de que os docentes são fundamentais a toda inovação ou mudança qualitativa que se pretenda no campo educacional, assim, a sua formação para atuar com as Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) é importante. Para o seu desenvolvimento, estabeleceu-se como objetivo geral discutir, por meio da análise documental de matrizes curriculares e Projeto Pedagógico de Curso (PPC), como ocorre a formação inicial dos egressos dos cursos de licenciatura da UFG/REJ para atuarem na modalidade EAD. Os objetivos específicos limitaram-se em: caracterizar os aspectos históricos do surgimento da EAD no contexto mundial, brasileiro e goiano; constatar, particularmente com base na legislação e nos documentos oficiais, tendo como foco a UFG/REJ, como se configura a formação para o uso de TIC e modalidade EAD, verificando como este processo é previsto para os docentes que atuarão na modalidade; identificar, baseado nas matrizes curriculares e PPCs dos cursos de licenciatura da UFG/REJ, como ocorre a formação docente para atuar na EAD. A opção metodológica foi pela pesquisa de cunho qualitativo, bibliográfica, com análise documental, por meio da qual, inicialmente, foram analisadas as matrizes curriculares dos 11 cursos de licenciatura da UFG/REJ e, em seguida, os PPCs dos referidos cursos. Foram constatados indícios de propostas de formação do professor para o uso das TIC em três dos 11 cursos focalizados. O meio utilizado por esses cursos para propiciar ao egresso a referida formação consistiu na articulação entre o previsto nos PPCs quanto à formação para as TIC, e a proposta das disciplinas nas matrizes curriculares. A análise documental possibilitou verificar que as matrizes e os PPCs – com exceção de Física, Ciências Biológicas e Matemática – não garantem o perfil desejável do egresso, uma vez que não oferecem formação para o uso das TIC, tampouco para a atuação na modalidade, detectou-se, ainda, que o enfoque teórico é superficial e incipiente nas bibliografias, ementas, perfil do egresso que mencionam a questão das TIC.

 

Pdf ícone

TEXTO COMPLETO